Colar

Colar tipo maxi

Um boa bijuteria de colar é sempre bem vinda às produções femininas, elas tem o poder de valorizar o visual, mas caso sejam escolhidas de maneira errada, também podem comprometer o resultado final.

Os colares estão em segundo lugar na ordem de preferência feminina, eles perdem apenas para os brincos.

A tendência maxi foi vista em praticamente todos os desfiles, brincos, anéis e principalmente colares foram muito bem combinados para evidenciar a produção.

Há quem tenha certa resistência aos maxi colares, o tamanho deles pode assustar um pouco, principalmente as mais baixinhas.

O comprimento ideal dos colares é um fator muito importante, que fará muita diferença na sua produção.

O comprimento gargantilha é ideal para mulheres com o pescoço longo; os colares curtos e de tamanho médio são indicados para quem possui os seios grandes, vale ressaltar que o colar deve ficar acima da linha busto, criando assim, um equilíbrio visual fundamental para o seu biótipo. Já os colares longos e com volume são ideais para mulheres com pouco busto, essa opção desvia a atenção e alonga visualmente.

Quem ainda tem duvidas sobre aderir a essa tendência pode começar com algumas dicas simples, mas que com certeza ajudarão muito.

Ao escolher por qualquer modelo de maxi colar evite fazer sobreposições ou mistura-lo a uma produção estampada. Dê preferência pelas peças neutras, como o preto, branco ou bege. O jeans também é ótimo aliado no dia a dia, pois ele não sobrecarrega nenhuma composição.

Caso deseje usar na mesma produção outros acessórios como brincos, escolha aqueles menores, se possível bem discreto. Deixe o foco apenas por conta do maxi colar.

Em eventos mais formais ou para quem deseja fugir um pouco do tradicional cabelo solto a dica é fazer um belo coque ou uma trança embutida. Essas opções dão um toque de elegância.

As pulseiras estão liberadas, desde que elas ornem de alguma  maneira com o maxi colar e principalmente com o restante do visual.

Comentários